Polícia

Policial militar é morto a tiros pelo filho de 17 anos no DF

Um cabo da Polícia Militar foi morto a tiros pelo próprio filho, um adolescente de 17 anos, em Ceilândia (DF), na madrugada deste domingo (13). O jovem se entregou logo após o crime e foi encaminhado para a DCA (Delegacia da Criança e do Adolescente). Segundo a ocorrência policial, Edvaldo Pereira Tavares, de 37 anos, […]

Arquivo Publicado em 14/04/2014, às 12h55

None

Um cabo da Polícia Militar foi morto a tiros pelo próprio filho, um adolescente de 17 anos, em Ceilândia (DF), na madrugada deste domingo (13). O jovem se entregou logo após o crime e foi encaminhado para a DCA (Delegacia da Criança e do Adolescente).

Segundo a ocorrência policial, Edvaldo Pereira Tavares, de 37 anos, foi atingido por três tiros na QNN 24, na região conhecida como Guariroba. A confusão teria começado após uma discussão do pai com a mulher dele, que é madrasta do menor. Logo após a briga, o filho atirou no pai, que morreu na hora.

Ele teria fugido, mas foi convencido por um parente a se entregar. Segundo relatos de familiares, ele já teve envolvimento com drogas. O caso foi registrado na 23ª DP.

O enterro do policial, que trabalhava no 24º Batalhão da PM do Lago Norte, ocorre no Cemitério de Taguatinga, nesta segunda-feira (14) às 15h30.

Jornal Midiamax