Polícia

Policial da Derf foi morto enquanto tentava recuperar joia avaliada em R$ 80 mil

Dirceu estava com outro policial identificado como Osmar Ferreira, que também foi agredido e está no hospital.

Arquivo Publicado em 29/01/2014, às 11h28

None
1822045904.jpg

Dirceu estava com outro policial identificado como Osmar Ferreira, que também foi agredido e está no hospital.

O policial civil Dirceu Rodrigues dos Santos, lotado na Delegacia Especializada em Roubos e Furtos (Derf) foi morto em uma emboscada durante uma investigação de roubo de uma jóia avaliada em R$ 80 mil. Ele estava com outro policial identificado como Osmar Ferreira, que também foi agredido pelos bandidos e está no hospital.


De acordo com a polícia, os agentes tinham a informação de onde a joia estaria em uma casa e foram até lá. Lá, eles foram surpreendidos por essas 10 pessoas, que armaram uma emboscada. O assassinato aconteceu na Rua dos Topógrafos, Bairro Campo Nobre, em Campo Grande.


Como tinha entrado na casa, Osmar foi agredido fisicamente. Em um determinado momento, um dos bandidos saiu da casa e alvejou o Dirceu com três tiros,  na testa, na nuca e na barriga.


A polícia afirma que a maioria das pessoas do bando que armaram a emboscada já foram detidas, mas falta pelo menos um dos envolvidos a ser preso. Várias diligências estão sendo feitas na cidade em busca desse suspeito.


Diretores da Polícia Civil estão chegando à Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) da Vila Piratininga agora pela manhã.




Jornal Midiamax