Polícia

Policiais resgatam jacaré de dois metros que ficou preso em anzol de galho em Bonito

Polícia Militar Ambiental (PMA) do Grupamento de Águas do Miranda, em Bonito, realizou na tarde de ontem (4) fiscalização no Rio Nioaque e salvaram um jacaré que estava preso a um anzol de galho. O réptil, medindo aproximadamente dois metros, estava preso ao anzol pela pata traseira e muito cansado. Os militares  levaram 20 minutos […]

Arquivo Publicado em 05/03/2014, às 10h47

None
1692066443.jpg

Polícia Militar Ambiental (PMA) do Grupamento de Águas do Miranda, em Bonito, realizou na tarde de ontem (4) fiscalização no Rio Nioaque e salvaram um jacaré que estava preso a um anzol de galho.

O réptil, medindo aproximadamente dois metros, estava preso ao anzol pela pata traseira e muito cansado. Os militares  levaram 20 minutos para libertar o animal em segurança, em virtude da agitação e estresse do bicho.

No Rio Nioaque a pesca é proibida em qualquer período. Dessa forma, pescadores e pessoas que moram nas proximidades armam anzóis e até redes de pesca e vão normalmente só conferir pela madrugada.

Algumas pessoas, não têm coragem de realizar a conferência dos petrechos, especialmente quando a fiscalização é vista na região, e muitas vezes, a PMA encontra peixe morto e alguns até em estado de putrefação nesses petrechos. No caso do jacaré, fatalmente o animal morreria em pouco tempo caso os policiais não chegassem e o libertasse.

Jornal Midiamax