Polícia

Polícia segue busca ao homem acusado de matar ex-mulher em Campo Grande

Júlio César Martins Ferreira, de 38 anos, apontado como autor dos disparos que mataram Dayane Silveira Uliana, de 26 anos, na noite de sábado (3), ainda não foi encontrado pela polícia, que segue na sua captura. Como o fato aconteceu durante o plantão do fim de semana e foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento […]

Arquivo Publicado em 06/01/2014, às 12h51

None
839449144.jpg

Júlio César Martins Ferreira, de 38 anos, apontado como autor dos disparos que mataram Dayane Silveira Uliana, de 26 anos, na noite de sábado (3), ainda não foi encontrado pela polícia, que segue na sua captura.

Como o fato aconteceu durante o plantão do fim de semana e foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário-Depac-Piratininga, na manhã desta segunda-feira (6) é que os detalhes estão sendo repassados para a 5ª Delegacia, que ficará encarregada das investigações.

Dayane foi assassinada com dois tiros quando dirigia um Corsa, na esquina das avenidas da Bandeira com Manoel da Costa Lima.

Um homem, ocupando uma motocicleta registrada em nome da vítima, emparelhou com o carro e desferiu os tiros. Dayane ainda foi encaminhada a uma unidade de saúde mas não resistiu aos ferimentos.
Segundo informações de familiares, tão logo praticou o crime, Júlio César teria ligado para um ex-cunhado para saber o estado de saúde de Dayane e também para fazer ameaças.
Além de estar na captura do acusado, a polícia não descarta sua apresentação espontânea. Pelos indícios de sua participação no crime, Júlio César será indiciado por homicídio doloso.

Jornal Midiamax