Polícia

Polícia Rodoviária inicia hoje Operação Semana Santa -Tiradentes

A partir das 8 horas de hoje, as equipes da PRF (Polícia Rodoviária Federal) iniciaram a Operação Semana Santa Tiradentes. O intuito é reforçar a segurança e a fiscalização nas rodovias de Mato Grosso do Sul. A ação será estendida até as 23h59 da segunda-feira (21), já que a homenagem a Tiradentes prolongou o feriado […]

Arquivo Publicado em 17/04/2014, às 12h31

None
1134273365.jpg

A partir das 8 horas de hoje, as equipes da PRF (Polícia Rodoviária Federal) iniciaram a Operação Semana Santa Tiradentes. O intuito é reforçar a segurança e a fiscalização nas rodovias de Mato Grosso do Sul. A ação será estendida até as 23h59 da segunda-feira (21), já que a homenagem a Tiradentes prolongou o feriado e deve influenciar no deslocamento de volta dos motoristas. 

A Semana Santa é o segundo feriado nacional com o maior número de acidentes computados pela PRF. Marcado por reuniões familiares e festas religiosas, este feriado registra aumento significativo do fluxo de veículos e de ônibus de passageiros com destino às cidades do interior do país, diferentemente do movimento do Carnaval, quando os turistas seguem do interior para o litoral, por conta disso, os cuidados tem que ser redobrados. 
TRECHOS CRÍTICOS 
As rodovias BR-163 e BR-262 são as que apresentam maior fluxo de veículos, já que passam pelas maiores cidades e dão acesso às fronteiras com outros Estados e países, assim como são utilizadas para escoamento da produção. Ao aproximarem-se de centros urbanos concentram um grande número de acidentes, a maior parte sem maior gravidade, como colisões traseiras. 
Mato Grosso do Sul não apresenta pontos críticos como em outros Estados que têm curvas acentuadas ou serras, e sim trechos críticos, como aqueles próximos aos centros urbanos. Conforme os policiais, as rodovias do Estado apresentam em sua maioria retas, o que contribui para o motorista aumentar sua autoconfiança na direção, que o leva muitas vezes a cometer infrações e provocar acidentes, especialmente ao amanhecer ou anoitecer, que são os períodos considerados mais críticos. 
A BR-163 concentra aproximadamente a metade dos acidentes que ocorrem todos os anos, isto em virtude do grande número de caminhões que circulam por ela. Há também a falta de acostamento em diversos trechos e o anel viário, onde há o encontro da área urbana com a rodovia, havendo a circulação de um grande número de motocicletas, ciclistas e pedestres, o que contribui para o aumento de acidentes. 
Na BR-262 a orientação é para que os condutores estejam atentos por estarem na região do Pantanal, onde é comum animais cruzarem a pista, vindo a colidir com os veículos. Daí a importância do emprego de maior atenção dos motoristas ao transitarem por estes trechos, obedecendo às leis de trânsito. 
A PRF priorizará o policiamento e fiscalização na Capital e em todo interior do Estado, orientando esforços e intensificando os trabalhos com emprego de reforço e otimização da escala de serviço para atendimento das rodovias federais nos trechos considerados mais críticos, que são os de Campo Grande, Nova Alvorada do Sul, Dourados, Coxim e Três Lagoas. 
Para realização das atividades policiais serão disponibilizados aparelhos de radar para fiscalização de velocidade, sendo oito deles novos, que integram câmera de vídeo e máquinas fotográficas digitais, etilômetros para realização de testes de alcoolemia, novas viaturas e armamento ostensivo, além da realização de ações educativas, visando diminuir a violência no trânsito. 
A polícia frisa que tem se aprimorado para realizar os serviços prestados à comunidade e se ajustar às novas realidades. Por outro lado, é necessário que o motorista seja consciente e prudente nas atitudes que toma enquanto dirige seu veículo, respeitando e cumprindo as leis de trânsito e não colocando sua vida e de outras pessoas em risco. Desta forma, teremos um trânsito efetivamente seguro, especialmente nesta época de feriado, quando se aumenta o tráfego pelas rodovias federais.
Jornal Midiamax