Polícia

Polícia recupera caminhonete furtada e apreende agrotóxico em MS

Uma caminhonete furtada de propriedade de uma fábrica de celulose é recuperada pela Patrulha Rural da Polícia Militar de Três Lagoas – a 338 quilômetros de Campo Grande. Uma viatura da Patrulha Rural se deslocava de Três Lagoas com destino a Brasilândia, pela BR-158, quando ao chegar próximo a entrada de uma fazenda, os policiais […]

Arquivo Publicado em 15/02/2014, às 13h19

None
949913555.jpg

Uma caminhonete furtada de propriedade de uma fábrica de celulose é recuperada pela Patrulha Rural da Polícia Militar de Três Lagoas – a 338 quilômetros de Campo Grande.


Uma viatura da Patrulha Rural se deslocava de Três Lagoas com destino a Brasilândia, pela BR-158, quando ao chegar próximo a entrada de uma fazenda, os policiais visualizaram uma caminhonete F350/Ford, de cor prata, com carroceria de madeira, característica essa semelhante ao veículo que teria sido furtado dias atrás. Os policiais também puderam perceber que a placa da camionete visualizada era a mesma do veículo furtado e resolveram então fazer a abordagem.


Quando o condutor da caminhonete percebeu a presença dos policias ele empreendeu fuga, não obedecendo a ordem de parada através da sirene e do sinal “giroflex” da viatura, o que obrigou os policias a iniciarem um acompanhamento tático de alta velocidade.


Em determinado momento, o motorista da caminhonete, na tentativa de fugir dos policiais começou a praticar direção perigosa, trafegando por vezes na contra mão da via, ou por vezes, trafegando no acostamento, foi então que os policiais dispararam contra os pneus do veículo em fuga, obrigando o motorista a sair da pista e parar em meio a um matagal. Alguns tiros, além de atingir os pneus ainda acertaram a porta da caminhonete.


Consequentemente, o motorista, ao parar o carro, fugiu entre meio a mata e apesar de os policiais realizarem diligências no intuito de localizar o autor, naquele momento ninguém foi preso.


A guarnição acionou o COPOM (Centro de Operações da Polícia Militar) que enviou um guincho e removeu a caminhonete levando o veículo até o pátio do DETRAN em Três Lagoas.


DILIGÊNCIAS


Na continuidade, os policiais da Patrulha Rural, com informações de quem seria e onde residiria o suposto condutor do veículo que foi furtado e recuperado depois de perseguição, como apoio da Rádio patrulha de Brasilândia, seguiram até o município, no re-assentamento João André, conhecido como “Toca da Raposa”, lá os policiais encontraram o idoso W.J.S., de 65 anos, que é pai da pessoa apontada como sendo condutor da caminhonete furtada.


W.J.S. acabou confessando aos policiais que seu filho R.F.S., de 28anos, estaria realmente de posse de uma camionete furtada de uma fazenda, veículo esse pertencente a uma fábrica de celulose da região de Três Lagoas. O idoso disse ainda que a camionete teria sido utilizada para realizar o transporte de produtos agrotóxicos furados em fazendas daquela região, mas ele afirmou que não sabia o paradeiro do seu filho naquele momento.


Mediante o relato de W.J.S. os policias fizeram uma busca na casa e encontraram sacos plásticos de agrotóxicos importados, o dono da residência não soube explicar a procedência do produto, dizendo ainda que quem teria levado aquilo para dentro da casa seria o seu filho.


Os policias apreenderam todo o material agrotóxico encontrado na casa e o ocorrência foi encaminhada para a Polícia Civil de Três Lagoas.

Jornal Midiamax