Polícia

Polícia prende segundo acusado de estuprar jovem de 18 anos durante duas horas

A Polícia de Naviraí prendeu na quarta-feira (18) o segundo acusado de estuprar uma jovem de 18 anos em Ivinhema – a 297 quilômetros de Campo Grande. Luciano Dias Rondon, de 21 anos, conhecido como Paraguaio, que estava foragido, é acusado de cometer o crime juntamente com William Max Souza da Silva, também de 21 […]

Arquivo Publicado em 20/06/2014, às 11h17

None
2048191223.jpg

A Polícia de Naviraí prendeu na quarta-feira (18) o segundo acusado de estuprar uma jovem de 18 anos em Ivinhema – a 297 quilômetros de Campo Grande.


Luciano Dias Rondon, de 21 anos, conhecido como Paraguaio, que estava foragido, é acusado de cometer o crime juntamente com William Max Souza da Silva, também de 21 anos.


O estupro aconteceu no dia 22 de março em Naviaraí quando a jovem seguia a pé no Bairro Boa Vista quando foi abordada por dois homens de bicicleta e armado com uma faca. Ela foi rendida, ameaçada de morte e levada até uma construção onde foi obrigada a manter relação sexual com os dois por cerca de 2 horas.


Ela só foi liberada quando guardas noturnos passaram próximo ao local, a dupla fugiu e deixou a bicicleta. A polícia chegou até Willian por meio dos objetos esquecidos no local, mas ele negou o crime.


Mesmo após ser identificado pelo crime, Silva não foi detido em flagrante. Ele foi indiciado e estava em liberdade, mas foi preso dias depois após cometer tentativa de homicídio. Luciano foi identificado com sendo o segundo autor do estupro e prestou depoimento.


Ele confessou o crime e contou detalhes de como estupraram a jovem. O rapaz disse que no dia que aconteceu o fato ele teria encontrado Willian e o convidado para matar uma pessoa, na qual tinha brigado um dia antes.


Segundo o depoimento de Luciano, quando os dois saíram para procuram à pessoa encontraram a jovem pelo caminho e resolveram abordá-la. Eles resolveram fazer sexo com ela e sob ameaças de morte foi levada até a construção onde foi abusada sexualmente por cerca de 2 horas pela dupla.


Ainda de acordo com a polícia, Luciano pensou em matar a jovem, mas foi impedido por Willian. Depois de prestar depoimento Luciano foi encaminhado para 1º DP e, em seguida, conduzido para a Penitenciária de Naviraí.

Jornal Midiamax