Polícia

Polícia prende pedreiro que trocou celular por estupro de garota de 13 anos

O pedreiro José Gilberto Fragas Ferreira, de 46 anos, o ‘Giba’, foi preso na madrugada desta quarta-feira (17) por estupro de vulnerável. O homem teria aliciado a jovem por meio de presentes e conversar com a irmã da garota, de 22 anos, que promoveu os encontros. Giba começou a aliciar a vítima aos 12 anos, […]

Arquivo Publicado em 17/09/2014, às 11h53

None
688848457.jpg

O pedreiro José Gilberto Fragas Ferreira, de 46 anos, o ‘Giba’, foi preso na madrugada desta quarta-feira (17) por estupro de vulnerável. O homem teria aliciado a jovem por meio de presentes e conversar com a irmã da garota, de 22 anos, que promoveu os encontros.


Giba começou a aliciar a vítima aos 12 anos, que ignorou as investidas. Com isso, ele começou a procurar a irmã da jovem para combinar encontros entre ele e a garota.


Ele combinou de dar um celular para a menina de presente, no aniversário de 13 anos dela, em troca de ter manter relações sexuais. Giba acabou entregando o aparelho para a mãe da garota e marcou um encontro com a vítima por meio da irmã, que levou a caçula até o suspeito em um córrego, na saída da escola.


Dias depois, ele voltou a pedir um novo encontro com a garota. Durante a noite desta terça-feira (16), a irmã da jovem e a vítima foram até o quintal, onde Giba já a esperava. A primogênita chegou a colocar um lençol no chão para que houvesse o estupro.


Depois do crime, as irmãs foram entrar no imóvel e perceberam que a porta estava trancada. Tiveram que acordar os pais, que descobriram o que as duas faziam do lado de fora da residência e acionaram o 4º BPM (Batalhão da Polícia Militar), de Ponta Porã.


Os militares fizeram rondas e encontraram Giba em casa com a mulher, indo dormir. Ele foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil do município.

Jornal Midiamax