Polícia

Polícia detém suspeito por incêndio em casa de gremista

A polícia de Porto Alegre deteve na noite desta sexta-feira um suspeito de ter provocado o incêndio na casa de Patrícia Moreira, torcedora do Grêmio que foi flagrada chamando o goleiro Aranha de “macaco” durante partida da Copa do Brasil. Elton Grai é eletricista e possui diversas passagens pela polícia, entre elas porte ilegal de […]

Arquivo Publicado em 12/09/2014, às 23h55

None

A polícia de Porto Alegre deteve na noite desta sexta-feira um suspeito de ter provocado o incêndio na casa de Patrícia Moreira, torcedora do Grêmio que foi flagrada chamando o goleiro Aranha de “macaco” durante partida da Copa do Brasil.

Elton Grai é eletricista e possui diversas passagens pela polícia, entre elas porte ilegal de arma, furto e tráfico de drogas. Em prisão domiciliar desde o 22 de maio, o suspeito disse em depoimento que estava bêbado quando colocou fogo na caixa de luz da casa.

A polícia vai entrar com um pedido de prisão preventiva até o final desta sexta-feira.

“O incêndio foi nesta madrugada e não tinha ninguém em casa, apenas alguns móveis. Acreditamos que tenha sido criminoso. Os vizinhos foram responsáveis por alertar os bombeiros”, disse o advogado de Patrícia, Alexandre Rossato, em contato com a reportagem do Terra.

Ainda segundo o advogado, para a segurança, Patrícia não está morando em Porto Alegre e os familiares estão em endereços diferentes. Desde que deixou a cidade, a casa estava disponível para ser alugada.

Jornal Midiamax