Polícia

Polícia Civil investiga suposto estupro em jovem

A Polícia Civil de Angélica esta investigando um suposto estupro em uma jovem de 18 anos, que pode ter ocorrido no último dia (1), em um canavial entre o Distrito de Ipezal e Angélica – distante a 323 km de Campo Grande. Na noite do último dia (31), o pai da jovem de 67 anos, […]

Arquivo Publicado em 04/01/2014, às 12h16

None

A Polícia Civil de Angélica esta investigando um suposto estupro em uma jovem de 18 anos, que pode ter ocorrido no último dia (1), em um canavial entre o Distrito de Ipezal e Angélica – distante a 323 km de Campo Grande.


Na noite do último dia (31), o pai da jovem de 67 anos, procurou a Polícia Militar de Ipezal e relatou que sua filha havia desaparecido e até às 23h, não teria dado notícias.


Após contato com familiares, o pai foi informado no dia seguinte que sua filha foi vista em Angélica. Já por volta das 17h, o pai novamente procura a PM de Ipezal e comunica que sua filha havia acabado de chegar de Angélica e, que ela teria vindo de carona em um veículo GM/Corsa de cor azul escuro e no interior do carro havia duas pessoas que a estupraram.


Durante o interrogatório, a jovem relatou que estava na saída de Angélica para Ipezal, por volta das 13h, quando estava esperando carona, um veículo Corsa com placas de Angélica, parou e lhe ofereceu carona.


Na altura da fazenda Guassu, o condutor entrou em um canavial parando em um córrego, onde os dois autores obrigaram a vítima a manter relação sexual a força.


A Polícia Militar ainda chegou a realizar diligências no Distrito de Ipezal e na cidade de Angélica, mas não encontraram os suspeitos, o caso foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil.

Jornal Midiamax