Polícia

Polícia aguarda laudo sobre criança de 2 anos estuprada em Campo Grande

A Deaij (Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude), aguarda o laudo do Imol (Instituto Médico Odontológico Legal), a respeito do caso de uma menina de 2 anos, estuprada em um bairro da região do Anhaduizinho em Campo Grande no último dia 15 deste mês. De acordo com a delegada Roseman Geise Rodrigues de Paula, […]

Arquivo Publicado em 24/06/2014, às 20h33

None

A Deaij (Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude), aguarda o laudo do Imol (Instituto Médico Odontológico Legal), a respeito do caso de uma menina de 2 anos, estuprada em um bairro da região do Anhaduizinho em Campo Grande no último dia 15 deste mês.

De acordo com a delegada Roseman Geise Rodrigues de Paula, o jovem de 16 anos, que foi visto saindo de um matagal com a criança ainda não foi encontrado.

Ao ser abordado por moradores, o adolescente acabou fugindo e largando a criança no local. Os populares ligaram para o número 190 do Ciops (Centro Integrado de Operações de Segurança) e fizeram buscas. Em seguida, as equipes policiais estiveram no local e fizeram um pente-fino, mas não localizaram o suspeito.

Jornal Midiamax