Polícia

Pedreiro que matou e carbonizou a mulher dentro de carro é preso em Campo Grande

Um pedreiro de 50 anos, foi preso pela Polícia Civil de Goiás, em Campo Grande por matar e carbonizar a mulher no último dia 1º deste mês, em Chapadão do Céu (GO). De acordo com o site Região News, o delegado responsável pelo caso, André Fernandes disse que o pedreiro estava foragido desde o dia do […]

Arquivo Publicado em 27/08/2014, às 23h49

None
1439690169.jpg

Um pedreiro de 50 anos, foi preso pela Polícia Civil de Goiás, em Campo Grande por matar e carbonizar a mulher no último dia 1º deste mês, em Chapadão do Céu (GO). De acordo com o site Região News, o delegado responsável pelo caso, André Fernandes disse que o pedreiro estava foragido desde o dia do crime.

Na Capital, o autor estava escondido na casa de parentes. A mulher que tinha 39 anos, foi encontrada carbonizada dentro de um carro em uma estrada de terra próximo de Chapadão do Céu.

Ainda de acordo com o delegado, o pedreiro matou a mulher por suspeitar que ela tinha um caso extraconjugal. Os dois foram casados por 11 anos.

Após ser preso, o pedreiro foi encaminhado para a Delegacia de Jataí (GO), onde de acordo com a polícia confessou sobre a autoria do crime, detalhando que antes de queimar o corpo havia matado a mulher a facadas.

O delegado afirma que objetos encontrados na cena do crime facilitaram a localização do suspeito e também revelam que ele planejou o assassinato. “Foi um crime que houve uma premeditação na questão da compra da substância inflamável”, destacou.

Jornal Midiamax