Polícia

Escola recebe iluminação e ronda de policiais depois de denúncias de assaltos

Após reportagem do Midiamax sobre os constantes assaltos e insegurança de alunos da Escola Estadual Silvio de Oliveira, em Campo Grande (MS), os alunos começam a perceber mudanças. Eles haviam relatado desde má iluminação até casos de assalto à mão armada nas proximidades. Segundo os estudantes, na última quinta-feira (29), as lâmpadas queimadas da instituição […]

Arquivo Publicado em 02/06/2014, às 18h26

None
2118694645.jpg

Após reportagem do Midiamax sobre os constantes assaltos e insegurança de alunos da Escola Estadual Silvio de Oliveira, em Campo Grande (MS), os alunos começam a perceber mudanças. Eles haviam relatado desde má iluminação até casos de assalto à mão armada nas proximidades. Segundo os estudantes, na última quinta-feira (29), as lâmpadas queimadas da instituição e da rua foram trocadas.

Além disso, a estudante Luzinete de Souza, contou que, ainda na quinta-feira, oito viaturas da Polícia Militar fizeram ronda na região. “Esperamos que este seja o começa das mudanças”, afirma.

Apesar da restauração na iluminação e policiamento, ainda há melhorias por fazer, segundo Luzinete. A Avenida Ernesto Geisel, na altura do bairro Aero Rancho, por exemplo, continua às escuras. “Nós vamos esperar para ver o que vai ser feito, mas não vamos deixar de protestar”, ressalta.

Entenda o caso

Alunos da Escola Estadual Silvio de Oliveira relataram casos de assalto a mão armada no trajeto até a instituição de ensino. Na semana entre 20 e 26 de maio, conforme apontado por uma das estudantes, cinco pessoas foram assaltadas no caminho até a escola. Em um dos casos de perigo, um homem pulou do muro de uma casa e perseguiu com uma faca um grupo de mulheres que saía da escola.

Cansados da situação de insegurança, estudantes fecharam a Avenida Vereador Thirson de Almeida, próxima a escola, na última quarta-feira (28), em forma de protesto pela falta de segurança da região.

Jornal Midiamax