Polícia

Empresário de corintiano é preso por suspeita de tráfico de drogas

O empresário Ângelo Marcos Canuto da Silva, que faz parte da empresa que agencia o atacante Luciano, do Corinthians, foi preso sob a acusação de ter participado de tráfico internacional de drogas. Canuto da Silva não só faz parte da empresa Plus Sports, como participou ativamente da compra de Luciano no Avaí, para depois repassar […]

Arquivo Publicado em 07/04/2014, às 13h42

None

O empresário Ângelo Marcos Canuto da Silva, que faz parte da empresa que agencia o atacante Luciano, do Corinthians, foi preso sob a acusação de ter participado de tráfico internacional de drogas.

Canuto da Silva não só faz parte da empresa Plus Sports, como participou ativamente da compra de Luciano no Avaí, para depois repassar o jogador ao Corinthians.

Segundo matéria da TV Globo, a Plus Sports cuida da carreira de vários jogadores e profissionais de outros esportes. O atacante flamenguista Negueba está entre os nomes mais conhecidos.

A prisão de Canuto da Silva faz parte de uma ação da Polícia Federal no Porto de Santos que prendeu 20 pessoas, e 11 ainda estão foragidas. Três toneladas de cocaína foram apreendidas pela PF durante a ação.

Segundo o programa Bom Dia Brasil, o Flamengo afirmou que a negociação com Negueba não foi feita com Canuto da Silva. O Corinthians preferiu não se pronunciar.

Jornal Midiamax