Segundo ocorrência registrada pelas vítimas, dona e funcionária da padaria, o rapaz entrou no local, apontou um revólver para as mulheres e exigiu que elas entregassem seus pertences e fugiu em seguida.

De acordo com uma das vítimas, o rapaz era moreno, tinha 1,70 metros de altura, aparentava ter 20 anos, era magro e vestia calça jeans, camiseta escura e boné preto. Foi informado também que ele estava muito sujo, foi agressivo e ameaçou as duas mulheres de morte.

Ainda durante a elaboração do boletim de ocorrência, foi constatado que uma equipe da Polícia Militar, em rondas, abordou um adolescente. Com ele, foi encontrado o celular da vítima, mas o garoto não foi reconhecido como o assaltante. Ele foi atuado por receptação.

O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Bairro Piratininga como roubo majorado pelo emprego de arma.