Polícia

Em Dourados, assaltante preso confessa ser autor de homicídio

O acusado Marcelo Cardoso Martins, preso ontem (26) em uma fazenda na região de Caarapó, confessou ser o autor do homicídio que vitimou Marcelo da Conceição Silva, 30 anos, o ‘Marcelo neguinho’, morto com dois tiros no dia 19 de fevereiro no Jardim Clímax, em Dourados – a 225 quilômetros de Campo Grande. O acusado […]

Arquivo Publicado em 27/03/2014, às 12h13

None
1468852720.jpg

O acusado Marcelo Cardoso Martins, preso ontem (26) em uma fazenda na região de Caarapó, confessou ser o autor do homicídio que vitimou Marcelo da Conceição Silva, 30 anos, o ‘Marcelo neguinho’, morto com dois tiros no dia 19 de fevereiro no Jardim Clímax, em Dourados – a 225 quilômetros de Campo Grande.

O acusado afirmou em depoimento que tinha uma dívida de R$ 150 em drogas com Marcelo e que , teria lhe entregado a bicicleta, avaliada em R$ 300.

Dias depois, foi cobrado em mais R$ 50 por Marcelo, afirmando que conseguiu arrecadar apenas R$ 100 com a venda da mercadoria. O pedido foi negado por Cristiano.

No dia do crime, ambos se encontraram e começaram a discutir e segundo o rapaz, após a vítima tentar lhe agredir, sacou a arma e começou a atirar. Em seguida, tomou o carro do rapaz e o abandonou na região da pedreira, no acesso ao município de Laguna Carapã.

Marcelo foi preso e deve ser autuado pelo homicídio, além do assalto cometido contra uma casa de carnes em Caarapó no último sábado.(Com informações Dourados News)

Jornal Midiamax