Polícia

Contrabandista de cigarro diz a policiais que advogado ligaria com ‘ordem’ para soltá-lo

Os policiais rodoviários federais apreenderam pelo menos 800 caixas de cigarros, de origem paraguaia, no km 104 da BR-163, em Naviraí. O condutor, que não teve o nome divulgado, informou aos agentes no momento da prisão, que o advogado da quadrilha faria o contato com a guarnição, para que ele fosse solto.  Os produtos que […]

Arquivo Publicado em 08/04/2014, às 13h50

None
1369548247.jpg

Os policiais rodoviários federais apreenderam pelo menos 800 caixas de cigarros, de origem paraguaia, no km 104 da BR-163, em Naviraí. O condutor, que não teve o nome divulgado, informou aos agentes no momento da prisão, que o advogado da quadrilha faria o contato com a guarnição, para que ele fosse solto. 

Os produtos que somaram 40 mil pacotes de cigarros estavam embaixo de sacos de farelo de pena, embaladas em sacos plásticos. De acordo com os policiais, o condutor revelou que estava vindo de Sete Quedas com destino a Sarandi, no Paraná, onde receberia outra nota fiscal e seguiria para  Minas Gerais. 
A carreta é uma Volvo/NL10, com placas de Nova Esperança (PR). O motorista foi preso pelo crime de contrabando e encaminhado para a Delegacia de PF (Polícia Federal) da cidade.
Jornal Midiamax