Polícia

Colisão entre dois veículos na BR-163 mata homem preso nas ferragens e deixa três feridos

Os veículos Versa Nissan, placa NRT-8908, e Fiat Siena, placa NRU-8481, colidiram na BR-163, no início tarde desta terça-feira (25), em uma curva em frente da  empresa Scania. O acidente envolveu quatro pessoas e um homem, identificado  como João, acabou morrendo. A vítima era passageira do veículo Fiat, pertencente à empresa Nautilus Engenharia, onde também […]

Arquivo Publicado em 25/02/2014, às 16h42

None
164907102.jpg

Os veículos Versa Nissan, placa NRT-8908, e Fiat Siena, placa NRU-8481, colidiram na BR-163, no início tarde desta terça-feira (25), em uma curva em frente da  empresa Scania. O acidente envolveu quatro pessoas e um homem, identificado  como João, acabou morrendo.

A vítima era passageira do veículo Fiat, pertencente à empresa Nautilus Engenharia, onde também estavam Adão Pain Matos, de 68 anos, retirando do carro com fratura na perna esquerda, e Adão Arantes de Souza, de 48 anos, que estava com ferimentos leves. O Versa era conduzido por Aline Fernanda Correa da Silva, de 22 anos, que está com suspeita de fratura no fêmur. O corpo de João ainda está preso nas ferragens.

De acordo com Adão Arantes, o trio acabava de encerrar, por conta da chuva, um serviço de manutenção na via. Ele afirma que a condutora do Versa entrou na contramão e colidiu de frente com o carro conduzido por Adão Pain .

Dois motociclistas afirmaram que a Aline havia passado por eles na altura da Uniderp Agrária. Ela vinha sentido Cuiabá/Três Lagoas e o Fiat no sentido contrário.

Conforme o tenente Vilamaior, do Corpo de Bombeiros, há possibilidade de o veículo Versa ter aquaplanado. O tenente afirma que o acidente foi gravíssimo e foi necessário o uso desencarcerador para retirar as vítimas das ferragens de ambos os carros.

Consciente, Adão Arantes lamentou a morte do colega de trabalho. “Era uma cara muito gente fina e brincalhão. Sempre fazia piada no trabalho. Estou muito triste”, afirmou. Os feridos foram encaminhados para a Santa Casa de Campo Grande.

Cinco carros do Corpo de Bombeiros atenderam à ocorrência. A Polícia Rodoviária Federal também estava no local, onde a perícia é aguardada para retirado do corpo das ferragens.

(Editada às 13h58 para acréscimo de informações)

Jornal Midiamax