Polícia

Casal que agrediu e deixou menina de 14 anos careca por ciúmes é intimado pela polícia

A Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) identificou o casal que foi responsável por deixar uma adolescente de 14 anos careca. O fato aconteceu na segunda-feira (28), no Bairro Estrela do Sul, região norte de Campo Grande. Gabriele, de 21 anos, e Alisson, de 20 anos, já foram intimados a comparecer […]

Arquivo Publicado em 30/04/2014, às 14h55

None
1855142594.jpg

A Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) identificou o casal que foi responsável por deixar uma adolescente de 14 anos careca. O fato aconteceu na segunda-feira (28), no Bairro Estrela do Sul, região norte de Campo Grande. Gabriele, de 21 anos, e Alisson, de 20 anos, já foram intimados a comparecer na unidade policial para prestar esclarecimentos. 

De acordo com a delegada titular da unidade, Regina Rodrigues Mota, a tipificação do delito também mudou. De tortura, os dois responderão por lesão corporal, ameaça e dano moral. Os dois devem comparecer à delegacia especializada na próxima semana. 
A delegada apurou que a jovem foi ameaçada com a faca, mesmo objeto usado para riscar corpo da adolescente e cortar o cabelo dela. “Inicialmente, a suspeita começou a cortar o cabelo da garota com a faca, depois usou a máquina, para deixá-la careca”, informou. 
ENTENDA O CASO 
Uma adolescente de 14 anos, que teve a identificação preservada, ao sair da escola, por volta das 12 horas, foi atraída por uma “amiga”, que a chamou para acompanhá-la. A garota estava na esquina e fez sinal para que a vítima fosse até ela. 
Ao se aproximar da colega, a vítima foi empurrada para dentro de um imóvel. Na casa havia um casal, sendo a mulher de 21 anos e o homem de 20 anos, à espera da adolescente. 
Eles seguraram a jovem e começaram a agressão. A mulher estava armada com uma faca, que deixou vários riscos pelo corpo da garota. 
Durante a agressão, a suspeita falava para a vítima que ela estava apanhando porque “estava pegando o marido dos outros”. A vítima tentou se defender e falar que não estava com ninguém, mas foi ignorada. 
A mulher fez várias ameaças à jovem e mandou que ela subisse na garupa de uma motocicleta que ela pilotava. Diante do casal que a coagia, a adolescente subiu. 
Ela foi levada para uma área isolada, nas proximidades de um frigorífico, onde não há moradia. A garota voltou a ser agredida e teve o cabelo raspado. 
Em seguida, ela foi liberada pela suspeita. A adolescente andou por alguns quilômetros e pediu ajuda em um Ceinf (Centro de Educação Infantil), no Bairro Nova Lima. 
O caso foi registrado pela Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) pelo crime de tortura. A vítima foi encaminhada ao Imol (Instituto Médico Odontológico Legal), onde passou por exames de corpo de delito.
Jornal Midiamax