Caçadores são presos e multados em R$ 16,5 mil por porte de armas e animais abatidos

A PMA (Polícia Militar Ambiental) multou em R$ 16,5 mil três caçadores com armas e animais silvestres abatidos na rodovia que liga os municípios de São Gabriel do Oeste a Rio Negro na madrugada deste sábado (2). A PMA foi acionada depois que a Polícia Militar Rodoviária Estadual prendeu os três caçadores, de 19,23 e […]
| 02/08/2014
- 17:06
Caçadores são presos e multados em R$ 16,5 mil por porte de armas e animais abatidos

A PMA (Polícia Militar Ambiental) multou em R$ 16,5 mil três caçadores com armas e animais silvestres abatidos na rodovia que liga os municípios de São Gabriel do Oeste a Rio Negro na madrugada deste sábado (2). A PMA foi acionada depois que a Polícia Militar Rodoviária Estadual prendeu os três caçadores, de 19,23 e 45 anos, que estavam em um Celta com uma espingarda carabina calibre 22, uma cartucheira calibre 32, com numeração raspada, e duas espingardas de pressão, dois catetos e sete pombos.

O trio foi preso e o carro, as armas e os animais foram apreendidos e encaminhados para a Delegacia de Polícia de São Gabriel. Eles foram autuados em flagrante por caça ilegal e porte ilegal de arma.

A pena para o crime de porte ilegal de arma é de três a seis anos de prisão, sendo a pena agravada porque uma das armas está com a numeração raspada. Pelo crime ambiental a pena é de seis meses a um ano de detenção.

Veja também

Prefeitura diz que confia e espera que investigação não seja usada para beneficiar ninguém

Últimas notícias