Polícia

Assaltante é preso após perseguição cinematográfica na Avenida Afonso Pena

Na manhã deste domingo (31), um homem, identificado como Irineu, foi preso depois de roubar a bolsa de uma enfermeira, de 39 anos, e ser perseguido e atropelado pela vítima. O roubo ocorreu por volta das 6 horas, próximo do cruzamento da Rua 26 de Agosto com a Rua Engenheiro Roberto Mange, no centro de […]

Arquivo Publicado em 31/08/2014, às 11h55

None
818868134.jpg


De acordo com a Polícia Civil, a mulher chegava em casa quando foi abordada pelo assaltante, que pegou a bolsa da vítima e fugiu, correndo. A enfermeira perseguiu Irineu a pé e ainda pediu ajuda para vizinhos que estavam na rua, mas não conseguiu deter o autor do roubo. Na volta para casa, a mulher encontrou uma equipe da Polícia Militar, que fazia rondas na região, e informou sobre o ocorrido.

Os policiais orientaram que a vítima registrasse o boletim de ocorrência e iniciaram as buscas pelo assaltante. A enfermeira foi até a delegacia, onde registrou o caso e, quando voltava para casa no Ford Ka, com a sobrinha, de 19 anos, avistou o autor do roubo em um posto de combustíveis no cruzamento da Rua Terenos com a Avenida Afonso Pena.

O homem, ao ver a vítima, atirou um capacete contra o carro. A mulher não se intimidou e jogou o carro para cima do rapaz, que fugiu, correndo. A enfermeira ainda disse para o rapaz não fugir, que ela o atropelaria, mas ele ignorou a abordagem e ainda chutou a lateral do Ford Ka. Após perseguição, a mulher atropelou o assaltante em um dos canteiros da Avenida Afonso Pena, mas ele se levantou e continuou fugindo.

Um rapaz, de 29 anos, estagiário de direito, que passava pela avenida, estranhou o fato e parou para ajudar. A mulher relatou o ocorrido e o motociclista começou a perseguir Irineu, que foi atingido por um chute nas costas, mas ainda assim continuou correndo. O rapaz largou a motocicleta e pulou no assaltante, que foi imobilizado. A enfermeira também tentou ajudar, momento em que acabou ferindo os joelhos.

A Polícia Militar foi acionada e efetuou a prisão de Irineu. O assaltante ainda estava com os documentos da vítima e, no bolso de sua calça, também foi encontrado um alvará de soltura. Ele saiu da prisão, onde cumpria pena por roubo e homicídio, no último fim de semana. Um adolescente, comparsa de Irineu, foi apreendido e também encaminhado para a delegacia. Ele estava com a bolsa da vítima e responderá por receptação.

O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da região central de Campo Grande e, por volta das 8 horas, todos os envolvidos prestavam depoimento.



Jornal Midiamax