Polícia

Acusados de roubar agência dos Correios são presos em Aquidauana

Dois homens acusados de roubar uma agência dos Correios, no município de Aquidauana (MS), na quinta-feira passada, dia 20, foram presos durante uma ação realizada por policiais civis do NIIC (Núcleo de Inteligência, Investitações e Capturas) da Delegacia Regional do município e policiais militares da Agência Local de Inteligência (ALI) do 7º Batalhão da Polícia […]

Arquivo Publicado em 25/02/2014, às 22h33

None

Dois homens acusados de roubar uma agência dos Correios, no município de Aquidauana (MS), na quinta-feira passada, dia 20, foram presos durante uma ação realizada por policiais civis do NIIC (Núcleo de Inteligência, Investitações e Capturas) da Delegacia Regional do município e policiais militares da Agência Local de Inteligência (ALI) do 7º Batalhão da Polícia Militar.

Durante as investigações para apurar o crime, os policiais descobriram que Antônio Silva Ramos, 38 anos empunhando um revólver calibre 38, invadiu a agência rendeu funcionários, clientes e roubou o dinheiro dos caixas. Na saída, ele ainda teria subtraído a bolsa de uma médica que entrava no local.

Daniel Job Arakaki, 22 anos teria dado cobertura para Antônio. De acordo com a polícia ele ficou do lado de fora vigiando e deu fuga para o comparsa, em uma moto. Toda a ação dos acusados foi gravada pelo circuito interno da agência. As imagens foram primordiais para a identificação dos dois.

No dia seguinte ao crime, Daniel e Antônio foram localizados pelos policiais. De início negaram o roubo, mas diante das evidências acabaram confessando a prática do delito. Antônio inclusive levou os policiais até ma mata, próximo ao local conhecido por “Mata Comprida”, onde esconderam as roupas, tocas ninjas, capacetes, objetos roubados das vítimas e o revólver utilizado no assalto.

Os policiais ainda localizaram e apreenderam a motocicleta utilizada no crime. De acordo com a Polícia Civil, tanto Daniel, como Antônio cumpriam penas no regime semiaberto de Aquidauana. Eles foram presos e autuados em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e roubo majorado pelo emprego de arma. Em seguida foram encaminhados ao sistema penitenciário local.

Jornal Midiamax