Polícia

Acusado de matar comerciante de Costa Rica é preso em Mato Grosso

A polícia prendeu nesta terça-feira (24) Carlos Gonçalves, de 22 anos, acusado de matar o comerciante Luis Alberto Rogeski, 59, na última segunda-feira (23), em Costa Rica – a 384 quilômetros de Campo Grande. Ele foi preso no Alto Taquari, em Mato Grosso. De acordo com o site Eu conto Tudo, os policiais chegaram até o […]

Arquivo Publicado em 25/06/2014, às 12h39

None
99534676.jpg

A polícia prendeu nesta terça-feira (24) Carlos Gonçalves, de 22 anos, acusado de matar o comerciante Luis Alberto Rogeski, 59, na última segunda-feira (23), em Costa Rica – a 384 quilômetros de Campo Grande.

Ele foi preso no Alto Taquari, em Mato Grosso. De acordo com o site Eu conto Tudo, os policiais chegaram até o acusado depois de informações de que o acusado estava na praça central da cidade.

A Polícia Civil de Costa Rica acionou a polícia do município para que prendessem Gonçalves porque ele já estava com mandado de prisão em aberto. Os policiais mato-grossenses já tinham recebido denúncia anônima e ele foi encontrado no fim da tarde, próximo da rodoviária municipal.

Gonçalves contou à polícia que matou o comerciante com uma facada nas costas. De acordo com o delegado Cleverson Alves dos Santos, o acusado desferiu várias facadas na vítima, inclusive no rosto, o que desfigurou bastante o comerciante.

O delegado também disse que ele tem uma ficha criminal extensa e é um velho conhecido da polícia. O acusado contou que foi de ônibus até o Alto taquari (MT) e aguardava para embarcar para Campo Grande. Nesta manhã de quarta-feira, por volta das 10 horas, Gonçalves será apresentado durante coletiva de imprensa.




Jornal Midiamax