Polícia

Polícia pede apreensão da caminhonete de condutor que matou jovem em táxi

A Polícia Civil concluiu o inquérito que investiga o acidente de trânsito que culminou na morte do jovem José Pedro Alves da Silva Júnior, 22 anos. A vítima era passageira de um táxi na qual estavam presentes mais duas pessoas e foi atingida no cruzamento da avenida Afonso Pena com a rua Bahia, no dia […]

Arquivo Publicado em 20/02/2013, às 14h14

None

A Polícia Civil concluiu o inquérito que investiga o acidente de trânsito que culminou na morte do jovem José Pedro Alves da Silva Júnior, 22 anos. A vítima era passageira de um táxi na qual estavam presentes mais duas pessoas e foi atingida no cruzamento da avenida Afonso Pena com a rua Bahia, no dia 11 de fevereiro, em Campo Grande.


“O acusado foi indiciado por homicídio doloso (com intenção de matar), além das duas tentativas de homicídio e o agravante de dirigir embriagado. Ainda consta o pedido da permanência da sua prisão preventiva e a apreensão da caminhonete, que ele conduzia no momento do acidente”, afirma o delegado Wellington de Oliveira, responsável pelas investigações.


Com 30 dias para concluir as investigações, o delegado diz que se antecipou para concluir os trabalhos em menos de duas semanas, principalmente pela repercussão do caso, ‘em uma época que as pessoas já estão cientes do fato de dirigir embriagado’. “É mais um caso sério de reflexão para quem decidir cometer o crime”, conclui o delegado.

Jornal Midiamax