Polícia

Polícia Civil identifica e prende autor de disparo contra menor de 17 anos em Naviraí

A Polícia Civil de Naviraí identificou e prendeu Diogo Felix da Silva, de 24 anos, acusado de ser o autor de dois disparos que atingiram o jovem I.M.B, de 17 anos, na noite do último domingo (20), momento em que ele deixava uma festa de som automotivo que era realizada no Parque de Exposição de […]

Arquivo Publicado em 26/01/2013, às 15h13

None
511993341.jpg

A Polícia Civil de Naviraí identificou e prendeu Diogo Felix da Silva, de 24 anos, acusado de ser o autor de dois disparos que atingiram o jovem I.M.B, de 17 anos, na noite do último domingo (20), momento em que ele deixava uma festa de som automotivo que era realizada no Parque de Exposição de Naviraí.


Após tomarem conhecimento do caso o 1ºDP (Delegacia de Policia Civil) , através dos investigadores do SIG (Serviço de Investigações Gerais), começaram uma série de investigações que levaram até Diogo como sendo o autor do crime.


Os policias localizaram Diogo momento em que o mesmo estava em sua residência e o encaminharam para o 1ºDP, onde em depoimento Diogo confessou o crime.


Diogo disse que o motivo do crime seria porque ele na festa teria tido um desentendimento com sua ex-mulher, onde logo após, algumas pessoas que ele não soube dizer quem seriam passaram a agredi-lo com socos e chutes. Diogo disse que conseguiu fugir dos agressores e saiu correndo, pegou seu carro foi até sua casa, pegou um revolver calibre 38 e retornou para a festa.


Diogo conta que quando chegou a frente da festa avistou um jovem com as mesmas características de um dos indivíduos que momentos antes havia lhe agredido. Diogo disse que então foi em sua direção no intuito de matá-lo.


Ao chegar próximo do jovem, Diogo sacou do revolver que estava em sua cintura e apontou para o mesmo, que ao ver a arma tentou correr, porem foi alvejado por dois tiros que o acertaram na região cervical e em sua coxa direita.


Em seguida, Diogo contou que pediu carona para uma pessoa desconhecida que passava pelo local em um carro, que o levou até próximo a uma granja onde desceu e seguiu a pé. Ao ser questionado sobre a arma Diogo disse que a jogou em um terreno baldio não sabendo indicar o local exato.


Após apuração dos fatos o Juiz Criminal da Comarca decretou a prisão preventiva de Diogo que foi preso e encaminhado para o Presídio local, onde se encontra a disposição da Justiça.


O jovem baleado após ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros até a Santa Casa de Naviraí, em razão da gravidade foi transferido em estado grave para um hospital da cidade de Dourados onde permanece internado. Segundo informações a bala ficou alojada na coluna cervical do jovem que corre o risco de ficar tetraplégico.


A Polícia Civil continua com as investigações visando identificar o envolvimento ou participação de outros indivíduos no crime.

Jornal Midiamax