Polícia

Homem preso pela PM após roubar caminhonete era procurado por latrocínio

Claudio Zeferino da Silva Junior, de 24 anos, preso pela Policia Militar de Naviraí na noite da última quinta-feira (17), após ter assaltado um açougue e roubado uma camionete S10, também era procurado pela Policia de Santa Bárbara d’Oeste, interior de São Paulo, onde ele é acusado pelo crime de latrocínio (Roubo seguido de Morte). […]

Arquivo Publicado em 21/01/2013, às 14h38

None
533535794.jpg

Claudio Zeferino da Silva Junior, de 24 anos, preso pela Policia Militar de Naviraí na noite da última quinta-feira (17), após ter assaltado um açougue e roubado uma camionete S10, também era procurado pela Policia de Santa Bárbara d’Oeste, interior de São Paulo, onde ele é acusado pelo crime de latrocínio (Roubo seguido de Morte).


Claudio conhecido como “Erê” é acusado de participar do crime na cidade paulista juntamente com mais dois homens que já estão presos e um menor de 16 anos que também está apreendido. O quatro são acusados de participar do assassinato do empresário Gilberto Sales, 46, durante um assalto à casa dele.


O crime aconteceu dia 6 de abril de 2012, onde na ocasião, foram roubados três celulares da família do empresário. Um dos aparelhos foi grampeado com autorização da Justiça e as escutas possibilitaram a identificação dos suspeitos.


Claudio era o único integrante do bando que estava foragido, ele foi identificado como sendo o motorista do carro usado pelo bando no dia do crime. Os três presos na mesma semana que aconteceu o crime pela policia de Santa Bárbara d’Oeste, confessaram a participação no crime, com riqueza de detalhes, e todos os depoimentos sendo compatíveis.


Eles confessaram que se reuniram naquela noite de 6 de abril para praticar um roubo e agiram na primeira oportunidade que encontraram. Eles abordaram o filho do empresário no momento em que ele chegava a residência da família. O rapaz foi levado para dentro da casa, foi amarrado e, enquanto os três reviravam gavetas, escutaram vozes no andar superior da casa. Um dos ladrões que estava armado subiu as escadas e atirou quando o empresário fez um movimento brusco. O empresário foi atingido na cabeça, na frente de sua esposa, e morreu a caminho do hospital. A Polícia Militar foi chamada e vizinhos da família avisaram que os assaltantes tinham usado um Escort branco na fuga.


Desde o dia em que aconteceu o crime, Claudio fugiu da cidade paulista, e atualmente estava morando em um assentamento rural localizado no município de Itaquiraí. Após ser preso pela Policia Militar de Naviraí, Claudio que também já cumpriu pena por tráfico de drogas, foi encaminhado para o Presídio de Naviraí, onde se encontra-se a disposição da Justiça.


A polícia continua a procura por dois comparsas de Claudio que agiu junto com ele no assalto ao açougue. (Com informações Pâmela Paduan – Santa Bárbara D’Oeste)

Jornal Midiamax