Polícia

Homem é preso após agredir e manter em cárcere privado ex-namorada

Renan Matos de Souza, de 24 anos, foi preso por volta das 09h44 desta terça-feira (5), na rua dos Efésios no bairro Jorge Ritt, acusado de agredir sua ex-namorada e mantê-la em cárcere privado por quase 12 horas em Coxim – distante a 243 km de Campo Grande. De acordo com o registro policial, na […]

Arquivo Publicado em 05/11/2013, às 15h02

None
434708584.jpg

Renan Matos de Souza, de 24 anos, foi preso por volta das 09h44 desta terça-feira (5), na rua dos Efésios no bairro Jorge Ritt, acusado de agredir sua ex-namorada e mantê-la em cárcere privado por quase 12 horas em Coxim – distante a 243 km de Campo Grande.


De acordo com o registro policial, na manhã desta terça-feira Santos avistou dois investigadores da Polícia Civil e fugiu em direção a casa de sua mãe. Em seguida o jovem pulou o muro de várias residências e conseguiu fugir.


Os agentes acionaram reforço da Polícia Militar e durante patrulhamento localizaram o jovem escondido em cima de uma árvore, na rua dos Efésios. Durante abordagem, Souza ameaçou de morte um dos policiais civis.


Ele foi preso e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil.


Agressão e cárcere privado


Andréia Aparecida Pereira Neils, de 21 anos, procurou a polícia informando que na noite desta segunda-feira (4), decidiu romper o relacionamento com Souza e acabou sendo agredida por ele.


De acordo com a vítima, Souza ficou furioso com o rompimento e passou a agredi-la enforcando seu pescoço, causando escoriações e só parou quando ela conseguiu gritar socorro, chamando atenção dos vizinhos.


Inconformado, o jovem trancou Andréia em casa não permitindo nenhum contato com outra pessoa, restringindo sua liberdade e constrangendo-a com ameaças por aproximadamente 12 horas.


Segundo a vítima, na manhã de hoje Souza ainda teria quebrado o televisor da sala com um soco. Em seguida ele saiu em direção à casa de sua genitora quando foi abordado pelos policiais civis.


Na delegacia, Andréia contou que teme porque o ex-namorado é muito violento.

Jornal Midiamax