Polícia

Gerente de Outback é preso por estocar comida vencida

O gerente de uma loja do Outback no Norte Shopping, subúrbio do Rio de Janeiro, foi preso na tarde desta quarta-feira após fiscais da Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor do Rio de Janeiro (Procon-RJ) encontrarem alimentos vencidos estocados na cozinha do restaurante. Segundo o Procon-RJ, os produtos fora do prazo de validade eram […]

Arquivo Publicado em 23/01/2013, às 21h15

None

O gerente de uma loja do Outback no Norte Shopping, subúrbio do Rio de Janeiro, foi preso na tarde desta quarta-feira após fiscais da Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor do Rio de Janeiro (Procon-RJ) encontrarem alimentos vencidos estocados na cozinha do restaurante. Segundo o Procon-RJ, os produtos fora do prazo de validade eram creme de leite, molhos e doces.



Como o crime contra o consumidor foi pego em flagrante, o gerente da loja foi encaminhado para o 25º DP do Rio de Janeiro e pode pegar de dois a cinco anos de prisão, segundo o Procon-RJ. O gerente pode pagar fiança, mas apenas mediante autorização de um juiz. A loja em que os alimentos foram encontrados continua funcionando normalmente, mas pode ser fechada em caso de reincidência. O Procon-RJ encaminhou os alimentos para o 25º DP do Rio de Janeiro. A multa que o Outback sofrerá ainda não foi definida, já que ela é determinada de acordo com o faturamento da empresa. Segundo o órgão de defesa do consumidor a multa pode chegar a R$ 4 milhões.



O Outback que afirmou que “os produtos estavam em processo de descarte”. A rede de restaurantes ainda afirmou que “utiliza uma consultoria independente de fiscalização em todos os restaurantes para garantir o cumprimento das normas de manipulação de alimentos”.


Jornal Midiamax