Polícia

Assassino de jovem em Dourados se apresenta a polícia

Os dois suspeitos de terem matado Diego da Silva Santos, de 21 anos, na tarde do último sábado no Jardim Canaã I, se apresentaram às autoridades do 2° Distrito Policial de Dourados nesta terça-feira. Acompanhado do advogado, um jovem de 24 anos morador no Jardim Guanabara assumiu a autoria do crime. Ele disse que matou […]

Arquivo Publicado em 03/07/2013, às 12h11

None

Os dois suspeitos de terem matado Diego da Silva Santos, de 21 anos, na tarde do último sábado no Jardim Canaã I, se apresentaram às autoridades do 2° Distrito Policial de Dourados nesta terça-feira.

Acompanhado do advogado, um jovem de 24 anos morador no Jardim Guanabara assumiu a autoria do crime. Ele disse que matou Diego por conta de desavenças antigas, já que sempre que se encontravam haviam ameaças.

O assassino alegou que no dia do crime, estava com uma garota em uma lanchonete quando foi abordado pela vítima. O rapaz disse que Diego o ameaçou segurando um revólver; temendo pela vida, ele que também estava armado, acabou atirando, fugindo em seguida.

Diego foi alvejado no peito, próximo da axila e mesmo assim chegou a pedir socorro, mas morreu no hospital. O homicida ainda alegou que perdeu a arma durante a fuga. O outro suspeito se apresentou alegando que não tinha nada a ver com o crime, exceto o fato de que era dono do carro utilizado na ação.

Ele declarou que deixou o veículo com o jovem de 24 anos para que fosse feita uma revisão na suspensão e que não teve intenção de participar do crime indiretamente, versão confirmada pelo autor. O acusado assinou um termo de compromisso junto à polícia e vai responder pelo processo em liberdade.

Jornal Midiamax