Polícia

Após sequestrar casal e roubar S-10, dupla morre em confronto com a polícia em Dourados

Um casal de namorados viveu momentos de tensão na noite desta quinta-feira, em Dourados, após ser vítima de uma dupla de assaltantes no centro da cidade. Os bandidos roubaram a caminhonete das vítimas e fugiram, mas momentos depois morreram em confronto com a Polícia Militar. Segundo informações da polícia, por volta das 21h30 o casal seguia […]

Arquivo Publicado em 28/06/2013, às 11h10

None
1393607129.jpg

Um casal de namorados viveu momentos de tensão na noite desta quinta-feira, em Dourados, após ser vítima de uma dupla de assaltantes no centro da cidade. Os bandidos roubaram a caminhonete das vítimas e fugiram, mas momentos depois morreram em confronto com a Polícia Militar.

Segundo informações da polícia, por volta das 21h30 o casal seguia em uma GM S-10 pela rua Firmino Vieira de Matos, quando foi abordado pelos criminosos. Armados, os indivíduos obrigaram os namorados a ficarem dentro do veículo, enquanto um deles assumia a direção e partia em alta velocidade.

Populares que passavam pelo local notaram a atitude suspeita e acionaram as autoridades. Uma equipe da Força Tática da PM recebeu a informação de que a camionete seguia pela BR-463 e foi até a rodovia, juntamente com a Guarda Municipal, dando início a uma perseguição.

Durante o trajeto, os policiais atiraram contra os pneus, obrigando que o veículo parasse. Os assaltantes desceram e começaram a atirar contra a PM, sendo que um deles acabou atingido com três tiros no abdômen e um na cabeça. Um deles entrou em uma plantação e conseguiu fugir.

O casal foi amparado e estava bem, apesar de abalado emocionalmente. A Polícia Civil e homens da perícia foram informados da ocorrência. No começo da madrugada os policiais receberam denúncia de que um desconhecido ferido estava pedindo carona às margens da mesma rodovia.

Eles voltaram ao lugar e ao se aproximarem do individuo, foram recebidas a bala e revidaram. O homem, que foi identificado como sendo o outro assaltante, também acabou morto.


Com a dupla foram apreendidos dois revólveres, um calibre 38 e outro 32. Eles não portavam documentos e os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML).

Jornal Midiamax