Polícia

TSE: 11 foram presos por crimes eleitorais nesta manhã

Até o meio-dia deste domingo (28 – horário Brasília), 11 pessoas foram presas em três Estados onde acontece o segundo turno das eleições para prefeito. O Tribunal Superior Eleitoral registrou 120 ocorrências no total, sendo que 109 delas não resultaram em prisões. Não houve registros envolvendo candidatos a prefeito. Foram efetuadas nove prisões no Rio […]

Arquivo Publicado em 28/10/2012, às 14h59

None

Até o meio-dia deste domingo (28 – horário Brasília), 11 pessoas foram presas em três Estados onde acontece o segundo turno das eleições para prefeito.


O Tribunal Superior Eleitoral registrou 120 ocorrências no total, sendo que 109 delas não resultaram em prisões. Não houve registros envolvendo candidatos a prefeito. Foram efetuadas nove prisões no Rio de Janeiro, uma no Rio Grande do Norte e outra no Espírito Santo. Dos 11 presos, 9 foram levados por fazer boca de urna.


Outros delitos que configuram crime eleitoral são o uso de alto-falantes, divulgação de propaganda, transporte e fornecimento ilegal de alimentos a eleitores e compra de votos. Até o momento, 128 urnas precisaram ser substituídas em 29 das 50 cidades onde ocorre o segundo turno das eleições. O lugar onde mais substituições foram feitas é São Paulo, onde 24 urnas apresentaram defeitos, seguido de Manaus (AM), com 15 trocas, Santa Catarina (12), Blumenau (SC) e Duque de Caxias (RJ), com oito trocas cada. No entanto, em nenhuma das cidades a votação é manual.

Jornal Midiamax