Polícia

Trio que fez duas famílias reféns na Capital é preso com veículos roubados em Ponta Porã

O trio foi preso pela PM com os veículos na madrugada do último domingo (8), na fronteira com o Paraguai, quando tentavam entregar a receptadores próximo ao hotel cassino.

Arquivo Publicado em 11/01/2012, às 15h50

None
307412744.jpg

O trio foi preso pela PM com os veículos na madrugada do último domingo (8), na fronteira com o Paraguai, quando tentavam entregar a receptadores próximo ao hotel cassino.

Thiago Pereira Carvalho, 21, o “Pica Pau”, Diego da Silva Siqueira, 21 e Renan Rodrigues Fernandes, 21, que sequestraram nove pessoas de duas famílias e roubaram duas caminhonetes S-10 na Capital, foram apresentados na manhã desta quarta-feira (11), na Delegacia Especializada de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (Defurv).

O trio foi preso pela PM com os veículos na madrugada do último domingo (8), na fronteira com o Paraguai, quando tentavam entregar a receptadores próximo ao hotel cassino.

O primeiro crime ocorreu por volta das 22h do último sábado (7), quando cinco homens armados com uma espingarda calibre 306 invadiram uma residência no bairro Jardim Veraneio. Seis pessoas da mesma família, entre elas duas crianças, estavam na varanda quando foram abordadas.

Dali todos foram levados para um matagal nas proximidades onde ficaram amordaçados amarrados e vigiados por um dos bandidos armado. Logo depois, quatro dos assaltantes foram ao bairro Carandá Bosque onde renderam três pessoas de uma mesma família e as levaram para o mesmo matagal.

Durante a madrugada, um dos ladrões chegou ao local do cativeiro e avisou ao comparsa de campana que Thiago, Diego e Renan foram presos em Ponta Porã. Com isso eles fugiram.

Quando perceberam que foram deixados sozinhos no local, os familiares conseguiram se desamarrar e acionar a polícia de um telefone próximo ao Ministério Público, no Parque dos Poderes.

Os ladrões presos confessaram que receberiam mil reais para levarem os veículos até Ponta Porã. A Polícia procura os outros participantes. Eles responderão por roubo triplamente qualificado, cárcere e sequestro.

Jornal Midiamax