Polícia

Três bocas de fumo fechadas e seis são presos por tráfico em São Gabriel

Três bocas de fumo foram fechadas e seis pessoas presas por envolvimento com o tráfico de drogas, nesta sexta-feira (15) em São Gabriel do Oeste. A ação ocorreu através de uma operação conjunta da Polícia Militar e o Serviço de Investigações Gerais (SIG) da Polícia Civil. Segundo as informações policiais, a operação teve início na […]

Arquivo Publicado em 15/06/2012, às 21h18

None

Três bocas de fumo foram fechadas e seis pessoas presas por envolvimento com o tráfico de drogas, nesta sexta-feira (15) em São Gabriel do Oeste. A ação ocorreu através de uma operação conjunta da Polícia Militar e o Serviço de Investigações Gerais (SIG) da Polícia Civil.


Segundo as informações policiais, a operação teve início na noite desta quinta-feira (14) quando durante a realização de policiamento ostensivo da Polícia Militar, próximo ao Parque Ecológico, Águas do Guarani, foram vistos dois indivíduos em atitude suspeita, que ao serem abordados e feita a revista pessoal dos mesmos, foi encontrado de posse de ambos, uma quantia de material entorpecente idêntico a maconha.


Com um dos abordados, um adolescente, foi encontrado um cigarro de maconha em seu bolso, mais conhecido pelos usuários de “ponta” e com o jovem de 18 anos, conhecido como “Pelé”, foi encontrado também em seu bolso, uma trouxinha de maconha. Diante do ocorrido, ambos os envolvidos foram encaminhados a Delegacia de Polícia Civil.


Já na Delegacia de Polícia, por volta das 10h48 desta sexta-feira (15) o jovem de 18 anos, que se encontrava detido, confirmou à equipe policial, que teria buscado uma quantidade de 100 gramas de pasta-base na cidade de Campo Grande, e que teria repassado o entorpecente a Marcos Antonio Gorlin, de 21 anos, conhecido como “Boquinha”, a mando do reeducando conhecido por “Piano”, que se encontra detido no Estabelecimento Penal de Segurança Máxima de Campo Grande. Diante do fato a Polícia Militar em conjunto com a Polícia Civil, efetuou a prisão de Gorlim na sua residência, onde foi encontrado também a quantia de 65,9 gramas de substância análoga a pasta-base, dentro de um fogão a lenha.


Outros quatro envolvidos que também foram detidos nesta sexta-feira foram Francisco de Assis Pereira da Silva, de 43 anos, conhecido como “Dia”, Natalina Cardoso Sales, de 36 anos, esposa de Dia e Jhonny Sales da Silva, vulgo Mocréia, de 18 anos. Segundo informações policiais, com os mesmos foi encontrado a quantia de 24 trouxinhas de pasta-base, totalizando quatro gramas, que estavam embrulhadas em sacolinhas brancas, em uma boca de fumo, que funcionava em uma residência localizada na rua das Gaivotas, no bairro Jardim Gramado.


Ainda de acordo com a policia, para o local havia mandado de busca e apreensão expedido pelo Poder Judiciário após representação do delegado Gustavo Ferraris, haja vista que a família já era investigada e já tinham sido presos em 2010, também por tráfico de drogas.


Alex Bernardo de Arruda, de 22 anos, também foi detido nesta manhã, após a equipe policial receber uma ligação no celular de um dos envolvidos que já se encontrava detido, onde na ligação, o reeducando informou ao Gorlin que Arruda iria buscar o resto da “carga” – gíria usada no meio criminoso para descrever o material entorpecente. Como os policiais já tinham sido informados por Gorlin que Arruda já havia retirado certa quantia da droga, a equipe policial o encontrou, e em sua residência, localizada no bairro Jardim Gramado, onde foi encontrado sete trouxinhas de pasta-base, totalizando o peso de duas gramas.


Segundo o delegado Gustavo Ferraris, as investigações irão continuar visando responsabilizar o preso fornecedor do entorpecente.


Ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado da sentença penal condenatória.

Jornal Midiamax