Polícia

Presos no Rio por boca de urna são levados para o Maracanãzinho

As pessoas detidas fazendo boca de urna no Rio de Janeiro estão sendo levadas para o Ginásio do Maracanãzinho, na zona norte do Rio, onde foi instalado um centro de detenção provisória. Os primeiros presos a chegar ao ginásio na manhã de hoje (7) foram detidos na Rocinha. São cerca de 20 pessoas, entre elas […]

Arquivo Publicado em 07/10/2012, às 13h02

None

As pessoas detidas fazendo boca de urna no Rio de Janeiro estão sendo levadas para o Ginásio do Maracanãzinho, na zona norte do Rio, onde foi instalado um centro de detenção provisória. Os primeiros presos a chegar ao ginásio na manhã de hoje (7) foram detidos na Rocinha. São cerca de 20 pessoas, entre elas um idoso, levadas, de van, ao ginásio. Uma das mulheres do grupo chegou a passar mal.


Outro grupo, formado por seis pessoas, foi detido ao fazer boca de urna no bairro do Andaraí, na zona norte. Mais 10 pessoas também foram presas nos arredores do Maracanã.


Todos os presos aguardam a presença de um juiz eleitoral que vai analisar as prisões e dar encaminhamento ao processo. A boca de urna é crime eleitoral com pena prevista de seis meses a um ano, podendo também ser aplicada multa entre R$ 5 mil e R$ 15 mil.


A lei proíbe a distribuição de material de campanha e manifestações em grupo nas proximidades das sessões eleitorais no dia da votação. Durante as eleições, só é permitida a manifestação individual e silenciosa dos eleitores.

Jornal Midiamax