Polícia

Preso por pesca predatória, homem pode cumprir pena de três anos

Flagrado pescando no rio Ceroula, local denominado Recanto dos Pintados, próximo ao rio Aquidauana, um homem de 59 anos, conhecido por Bacurau, foi preso por crime ambiental na tarde desta sexta-feira (20), em Terenos, cidade distante 27 quilômetros de Campo Grande. Além de pescar durante o período da piracema, quando a pesca predatória é proibida, […]

Arquivo Publicado em 21/01/2012, às 15h00

None
1038610865.jpg

Flagrado pescando no rio Ceroula, local denominado Recanto dos Pintados, próximo ao rio Aquidauana, um homem de 59 anos, conhecido por Bacurau, foi preso por crime ambiental na tarde desta sexta-feira (20), em Terenos, cidade distante 27 quilômetros de Campo Grande.


Além de pescar durante o período da piracema, quando a pesca predatória é proibida, ele utilizar apetrechos também proibidos, como tarrafas e redes, e ainda capturar pescado em tamanho inferior ao permitido.


Segundo a polícia militar ambiental, o pescador estava com uma espingarda de caça calibre 28, com quatro cartuchos, pólvora e chumbo. Junto a ele foram apreendidos 11 kg de pescado, duas redes de pesca, duas tarrafas e 28 molinetes.


O acusado recebeu multa no valor de R$ 2.200,00 por prática de pesca predatória. Ele foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Terenos. Se condenado, poderá pegar pena de até três anos de detenção, ou multa, ou ambas as penas cumulativamente.

Jornal Midiamax