Polícia

Polícia prende dois traficantes que levariam quase 850 quilos de maconha para Cuiabá

Após receber uma denúncia anônima, policiais da Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos) montaram uma campana na madrugada desta sexta-feira (14) junto com o Garras e prenderam José Durval de Souza Garcia, de 40 anos, e Marco Aurélio Marques de Matos, de 37 anos, que estavam com quase 850 quilos de maconha a serem […]

Arquivo Publicado em 14/09/2012, às 19h47

None
478866254.jpg

Após receber uma denúncia anônima, policiais da Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos) montaram uma campana na madrugada desta sexta-feira (14) junto com o Garras e prenderam José Durval de Souza Garcia, de 40 anos, e Marco Aurélio Marques de Matos, de 37 anos, que estavam com quase 850 quilos de maconha a serem levados a Cuiabá (MT).


Segundo o delegado que coordenou a investigação da denúncia, Fábio Peró, os dois relataram que Marco Aurélio, o “Marquinhos”, devia dinheiro para José Durval, o “Gordo”, que propôs ao colega pagá-lo transportando a droga de Bela Vista até Campo Grande.


Morador de Coxim, o Marquinhos saiu de lá ontem (13) e foi a Bela Vista buscar a droga e trazê-la para uma casa no Los Angeles, identificada pelos policiais como ponto de depósito de drogas.


A suspeita é de que a casa seja alugada e lá os traficantes guardem a droga por um tempo, para não levantar suspeitas, até que fosse distribuída.


A caminhonete F-250 que carregava a droga foi apreendida pela polícia, assim como um Chevrolet Spin que estava no nome da esposa de José Durval, que será investigada por associação ao tráfico de drogas.


De acordo com a investigação, cerca de 300 quilos seriam comercializados em Campo Grande e o restante seria transportado para a chácara do Gordo em Coxim e depois seria levado para Cuiabá.


Fábio Peró avalia se o Gordo faz parte de uma quadrilha ou de um consórcio, com vários chefes do tráfico. Uma terceira pessoa já foi identificada e será presa por fazer parte do esquema.


José Durval tem passagens por ameaça, receptação e tráfico de drogas e Marco Aurélio por corrupção ativa, direção perigosa e lesão corporal. Eles e a droga serão encaminhados à Denar (Delegacia de Narcóticos).


Editada às 18h53 para acréscimo de informações.

Jornal Midiamax