Polícia

Polícia Militar comemora 177 anos e avalia que precisa de aperfeiçoamento

Para o comandante geral da PMMS, “A Polícia Militar continua com o sentimento de tratar o bandido da forma que deve ser tratado.”.

Arquivo Publicado em 05/09/2012, às 14h37

None
1304979470.jpg

Para o comandante geral da PMMS, “A Polícia Militar continua com o sentimento de tratar o bandido da forma que deve ser tratado.”.

A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul realizou na manhã desta quarta-feira, 5, a solenidade de comemoração de 177 anos. Para o comandante-geral da PMMS, coronel Carlos Alberto David dos Santos, a avaliação neste aniversário é de que a instituição promoveu muitas conquistas. “Precisamos nos aperfeiçoar a cada dia para atender as exigências da população.”, avalia.

O coronel apontou resultados positivos na redução de crimes pela a adoção de novas estratégias e reforça: “A Polícia Militar continua com o sentimento de tratar o bandido da forma que deve ser tratado e o cidadão de bem, na forma que deve ser respeitado.”.

O evento contou com a presença de convidados e autoridades para a formatura e outorga das medalhas Insígnia do Mérito e do Mérito Policial Militar, na sede do Comando-Geral, Palácio Tiradentes.

Integrantes da PM, Polícia Civil e militares de outras forças receberam medalhas como reconhecimento aos serviços prestados à segurança pública e em apoio ao trabalho da Polícia Militar.

Na noite de cinco de setembro, a instituição lança o livro que conta a formação e a evolução da Polícia Militar. A publicação “Polícia Militar de Mato Grosso do Sul – Uma história de Serviços Prestados à Sociedade” faz um passeio pelos 177 anos de atuação da Polícia Militar.

Segurança Pública

O secretário de segurança Vantuir Jacini falou sobre a segurança nas regiões de fronteira do Estado.

Sobre a sobre a liberação de verba de R$ 900 mil em combustíveis para os aviões disponíveis para a segurança do Estado, o secretário disse que os aviões a disposição da secretaria de segurança são utilizados em operações pontuais.

Conforme Jacini, em 2012 foram feitas seis operações além do trabalho rotineiro do Departamento de Operações de Fronteira. Ele explica que as fronteiras do Mato Grosso do Sul possuem seis batalhões e quatro efetivos independentes fiscalizando 17 cidades. “A fronteira seca possui cerca de 1,1 milhão de habitantes.”.

Jacini fez referência ao Enafron (Encontro Técnico da Estratégia Nacional de Segurança Pública nas Fronteiras), realizado no dia 27 de agosto, em Ponta Porã, onde foram assinados convênios entre o Ministério da Justiça e os governos de estados fronteiriços para investimento de R$ 150 milhões para apoio ao reaparelhamento dos órgãos estaduais de segurança pública em toda a faixa de fronteira.

Ele disse também que até agosto foram feitas seis operações na região de fronteira, além do trabalho rotineiro do Departamento de Operações de Fronteira – DOF.

Cronograma

Nos dias 6 e 8, tropa e convidados disputam o Torneio Integração de Futebol Society e Vôlei de Areia. Serão dois dias de jogos. No futebol, as fases classificatórias serão no clube de campo da Funlec na BR-163 e as finais na praça de esportes Elias Gadia. No vôlei, toda a disputa ocorre no Elias Gadia, localizado no bairro Taveirópolis.

Também no dia 6, às 9 horas, a PM realiza culto ecumênico em ação de graças aos 177 anos da instituição, no salão da igreja Sagrado Coração de Jesus, no bairro Santa Fé. No período da tarde, o quartel do Comando-Geral abre suas portas para receber crianças e adolescentes e apresentar o teatro de fantoches dos integrantes do projeto Florestinha. Serão três sessões às 13h30, 14h30 e 15h30, no auditório do QCG.

No dia sete de setembro, a Polícia Militar de Mato Grosso do Sul participa do desfile cívico em comemoração à Independência do Brasil.
No dia 9, às 8 horas, a PM dá largada, em frente ao Palácio Tiradentes, à 3ª corrida “Dê preferência à Vida”, organizada pela Companhia Independente de Polícia Militar de Trânsito (Ciptran).

Na segunda-feira, dia 10, o Centro de Equoterapia da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul realiza a 9ª Paraolimpíada de Hipismo Adaptado, na sede do centro, às 19 horas, na rua Lima Félix, 174, Parque dos Poderes.

A programação termina no dia 16 de setembro, com uma ação social do Fundo de Assistência Feminino em parceria com a Associação dos Médicos Espíritas. Das 8 às 11 horas, dez médicos e as psicólogas do fundo prestarão atendimento aos integrantes do projeto Bom de Bola, Bom na Escola.

Jornal Midiamax