Polícia

Polícia mata americano que abriu fogo em hotel de Israel

Um cidadão de origem americana matou um colega a tiros após pegar a arma de um segurança em uma suposta briga, nesta sexta-feira em um hotel na cidade de Eilat, na costa do Mar Vermelho, em Israel, de acordo com informações do The Jerusalem Post. Em choque, alguns hóspedes foram levados para um centro médico […]

Arquivo Publicado em 05/10/2012, às 11h20

None

Um cidadão de origem americana matou um colega a tiros após pegar a arma de um segurança em uma suposta briga, nesta sexta-feira em um hotel na cidade de Eilat, na costa do Mar Vermelho, em Israel, de acordo com informações do The Jerusalem Post.


Em choque, alguns hóspedes foram levados para um centro médico local. Após negociação e tiroteio, a polícia matou o homem.


O incidente teria começado após uma discussão entre o americano, que trabalha na cozinha do Leonardo Club Hotel, e outro funcionário, segundo a Israel Radio. Quando um segurança do local se aproximou e tentou apartar a briga, o homem tomou a sua arma e atirou no colega.


Após o crime, ele se refugiou na cozinha, o que obrigou a polícia a descolar um efetivo até o local para tentar negociar e controlar a situação. Apesar de não manter reféns, a unidade antiterrorismo da polícia trocou tiros com o americano, que morreu após ser atingido, de acordo com o The Jerusalem Post.


Eilat é um dos destinos turísticos mais populares de Israel, na costa sul do país, e atrai milhares de turistas anualmente.

Jornal Midiamax