Polícia

Polícia de Nova Andradina prende grupo de ladrões e sequestradores

A Polícia Civil de Nova Andradina prendeu hoje (21) em flagrante um grupo de criminosos acusados de sequestro e roubo. Foram detidos: Rafael da Silva Barbosa, Vanderlei Socorro de Oliveira e Jaqueline de Araújo Moraes, e ainda houve a prisão de Pedro Camilo Marangoni da Paz, por ordem judicial. Jaqueline de Araújo Moraes vinha sendo […]

Arquivo Publicado em 22/01/2012, às 00h47

None

A Polícia Civil de Nova Andradina prendeu hoje (21) em flagrante um grupo de criminosos acusados de sequestro e roubo. Foram detidos: Rafael da Silva Barbosa, Vanderlei Socorro de Oliveira e Jaqueline de Araújo Moraes, e ainda houve a prisão de Pedro Camilo Marangoni da Paz, por ordem judicial.

Jaqueline de Araújo Moraes vinha sendo investigada pela Polícia Civil. Ela era apontada como uma das mentoras de facção criminosa, que operava em Nova Andradina e tinha ligações na região, como Distrito de Nova Casa Verde e na fronteira com o Paraguai.

No decorrer da semana, mais uma vítima da organização criminosa procurou a Polícia pedindo proteção. F.J. S. P foi seqüestrada e permaneceu sob cárcere privado na residência de Pedro Camilo de Oliveira, por dois dias. Nessa ocasião, Jaqueline se apresentou à vítima como uma das lideranças da organização criminosa na cidade e ameaçou de morte a vítima, caso “abrisse o bico”.

Uma operação policial foi montada em conjunto com os policiais civis da DERF- Delegacia Especializada de Repressão aos Roubos e Furtos da capital- e na manhã de hoje (21), Pedro Camilo Marangoni da Paz e Jaqueline de Araújo Moraes foram presos em suas respectivas residências, enquanto outra equipe de investigadores prendiam, Rafael da Silva Barbosa e Vanderlei Socorro de Oliveira, os assaltantes da proprietária de um estabelecimento comercial da cidade.

Esse crime ocorreu na madrugada de hoje, em uma frustrada tentativa de roubo, a qual culminou com disparo de arma de fogo por Vanderlei, garupa de motocicleta Honda, cor vermelha, que foi abandonada no próprio local, depois que a vítima efetuou manobra com o carro e bateu na moto. O tiro atingiu o braço direito da vítima.

Os filhos da vítima não tiveram ferimentos, mas a mãe dela foi hospitalizada. Ambos os assaltantes confessaram a prática do roubo e também o sequestro de F.J.S.P., o que reforça o envolvimento de Jaqueline de Araújo Moraes como coordenadora de ações criminosas na cidade.

A arma usada no crime, um revólver calibre 32, estava ao lado dos criminosos quando foram presos, os quais deverão permanecer custodiados na Cadeia Pública local à disposição da Justiça.

Os investigadores não descartam o envolvimento dos autuados em outros roubos ocorridos na região e novas prisões podem ocorrer nos próximos dias.

Com informações da assessoria policial.

Jornal Midiamax