Polícia

Polícia Civil promete rigidez contra crimes e organiza paralisação

Mobilização da categoria acontecerá esta semana em todo o Estado e garante tolerância zero para os crimes, além de prever greve de 24 horas

Arquivo Publicado em 16/04/2012, às 11h48

None

Mobilização da categoria acontecerá esta semana em todo o Estado e garante tolerância zero para os crimes, além de prever greve de 24 horas

Mobilizações da Polícia Civil do Estado, que garantem tolerância zero quanto às irregularidades da lei e contravenções penais, além de uma paralisação de 24h já estão previstas esta semana entre os servidores da categoria.

A afirmação é do presidente da Sinpol/MS (Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso do Sul), Alexandre Barbosa da Silva.


”Estaremos com mais viaturas nas ruas, com investigação intensificada e checagem pessoal. A intenção principal é sensibilizar o governo sobre a nossa questão salarial e seguir, se nada for feito, o indicativo nacional da categoria de greve geral. As regionais do Estado garantem 100% de participação”, afirma o presidente da Sinpol/MS.


Na sexta-feira (13), o Sinpol/MS, a Adepol/MS (Associação dos Delegados de Polícia), a APO (Associação dos Peritos Oficiais) e o Sinpap (Sindicato dos Papiloscopistas) se reuniram com o governador do Estado, André Puccinelli.


“Nós oferecemos a nossa proposta de 25% de aumento salarial e em contrapartida ele nos proporcionou 8% de aumento. Não aceitamos e por isso aguardamos uma nova negociação”, diz o presidente da Sinpol/MS.

Jornal Midiamax