Polícia

Polícia Civil e Enersul deflagram operação para coibir furto de energia em Aquidauana

Nos moldes do que foi feito na Capital há alguns dias, uma operação da Enersul (Empresa Concessionária de Energia Elétrica de Mato Grosso do Sul) e policiais civis verifica estabelecimentos comerciais e casas suspeitas de furto de energia, em Aquidauana, cidade distante a 143 quilômetros de Campo Grande. De acordo com a Enersul, desde que […]

Arquivo Publicado em 30/08/2012, às 19h37

None

Nos moldes do que foi feito na Capital há alguns dias, uma operação da Enersul (Empresa Concessionária de Energia Elétrica de Mato Grosso do Sul) e policiais civis verifica estabelecimentos comerciais e casas suspeitas de furto de energia, em Aquidauana, cidade distante a 143 quilômetros de Campo Grande.


De acordo com a Enersul, desde que deflagrada a operação, no início da tarde desta quinta-feira (30), nove locais já tinham sido autuados. Ao todo, desde o início das investigações, no mês de abril, cem pontos foram identificados como suspeitos e serão verificados ainda hoje.


De acordo com o delegado Luis Ojeda, técnicos da Enersul e terceirizados vistoriam locais onde há suspeita de fraude. “Nós verificamos a fraude, e se há suspeita de que o relógio foi adulterado, é encaminhado para que seja feito o laudo pericial”, diz o delegado.


A operação continua amanhã em Aquidauana e Anastácio. Os responsáveis poderão vai responder por furto de energia elétrica mediante fraude ou estelionato. A pena nesses casos varia de 1 a 4 anos de detenção.

Jornal Midiamax