Polícia

Pais entregam à polícia acusado de matar PM na Rocinha

No fim da madrugada desta segunda-feira, os pais de um dos acusados de matar o policial militar Diego Bruno Barbosa Henriques na Rocinha, na última quinta-feira, foram à 14ª DP (Leblon) pedir que os policiais prendessem o filho. Rafael da Silva de Barros, de 18 anos, foi encontrado na Praia de Botafogo, na altura da […]

Arquivo Publicado em 17/09/2012, às 11h20

None

No fim da madrugada desta segunda-feira, os pais de um dos acusados de matar o policial militar Diego Bruno Barbosa Henriques na Rocinha, na última quinta-feira, foram à 14ª DP (Leblon) pedir que os policiais prendessem o filho. Rafael da Silva de Barros, de 18 anos, foi encontrado na Praia de Botafogo, na altura da loja Casa e Vídeo, na Zona Sul do Rio, e preso.


No sábado, cerca de 40 policiais da Divisão de Homicídios realizaram uma operação na Rocinha para tentar encontrar os acusados, sem sucesso.


Ronaldo Azevedo da Cunha, de 24 anos – o outro suspeito de participação no crime – ainda está foragido.


O PM Diego Bruno Barbosa Henriques fazia patrulhamento de rotina a pé na Favela da Rocinha, na Zona Sul do Rio, na noite de quinta-feira, quando foi morto. Ele foi enterrado na sexta-feira.


Esta prevista para esta quinta-feira a inauguração da Unidade de Polícia Pacificadora na comunidade. A UPP terá o efetivo de 700 policiais.

Jornal Midiamax