Polícia

Mulher é encontrada seminua pela Polícia Militar próximo a praça do Papa

Ela alega ter sido estuprada por dois homens nesta madrugada (14) após sair do Arraial de Santo Antônio, em Campo Grande.

Arquivo Publicado em 14/06/2012, às 11h32

None

Ela alega ter sido estuprada por dois homens nesta madrugada (14) após sair do Arraial de Santo Antônio, em Campo Grande.

Uma mulher de 30 anos foi encontrada apenas de roupas íntimas, enrolada em uma colcha, por volta das 3h30 da madrugada desta quinta-feira (14), pela Polícia Militar, nas proximidades da região da Praça do Papa, local onde aconteceu ontem (13) o Arraial de Santo Antônio, em Campo Grande.


A mulher disse ter ingerido muita bebida alcoólica e contou à polícia que teria sido violentada por dois homens desconhecidos. Segundo ela, os supostos estupradores a teriam convidado para “fumar um negócio” e que depois de ter fumado eles a teriam estuprado.


Ela disse ainda não se lembrar do ato em si e que ficou desacordada. Ainda segundo a mulher, quando ela acordou estava apenas de calcinha e pediu ajuda em uma casa. A pessoa teria lhe fornecido a colcha e logo depois ela foi encontrada pela polícia.


Segundo a delegada plantonista da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento à Comunidade) Centro, Francielle Candotti Santana, a mulher contou uma versão diferente para ela e outra aos policiais. A delegada ainda disse que depois a mulher contou que foi prostituta, mas que teria deixado a profissão porque agora está freqüentando a igreja. A policial informou ainda que o caso será enviado à Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher).


“Primeiro ela contou a versão do estupro, mas não soube dar características [físicas] dos homens e nem demonstrou muito interesse que eles sejam encontrados. Vamos encaminhar o procedimento a DEAM e o caso será investigado”.

Jornal Midiamax