Polícia

Moradores dizem que polícia deu tiros de borracha durante comemoração

Moradores próximos ao cruzamento da Avenida Nazira Siufi com a rua Antônio Bandeira, no bairro Buriti em Campo Grande entraram em contato com a reportagem, por conta de uma confusão ocorrida durante carreata. “Chegaram jogando bomba, tem muitas crianças aqui”, relatou a dona de casa Maria de Souza, 53, sobre a ação de policiais. “Deram […]

Arquivo Publicado em 29/10/2012, às 00h20

None
1742501416.jpg

Moradores próximos ao cruzamento da Avenida Nazira Siufi com a rua Antônio Bandeira, no bairro Buriti em Campo Grande entraram em contato com a reportagem, por conta de uma confusão ocorrida durante carreata.

“Chegaram jogando bomba, tem muitas crianças aqui”, relatou a dona de casa Maria de Souza, 53, sobre a ação de policiais.

“Deram tiros de borracha”, emendou um morador que preferiu não se identificar. “Um rapaz levou um tiro de borracha”, diz a trabalhadora em reciclagem Cirlene Fernando Giro, 39.

“Tinha muitas crianças, inclusive uma cama elástica próxima, imagina se pegasse em alguém”, conta o vendedor Rodrigo Benites

“Estávamos em carreata, saímos do comitê do Bernal, e fomos ao Buriti. Conversamos com os moradores que relataram a truculência fora do comum da polícia, que tem o dever de defender o cidadão que estava se divertindo na praça”,  disse o presidente municipal do PT Gildo Oliveira.

A Cigcoe, informou que foi necessário o uso de gás lacrimogêneo, pois a população local estava obstruindo a via. A polícia negou o uso de balas de borracha.

“Não tinha ninguém na rua, tava todo mundo na calçada”, argumenta Cirlene.

“Chegaram falando você é um safado está toda semana aqui”, conta o azulejista Davison Ferreira de 24 anos, que teve o carro atingido, por um artefato, segundo ele disparado pelos policiais. 

Já segundo a moradora do bairro Sandra Helena Pereira informou que teve muita arruaça no local, ela não conseguia passar com o carro para ir para casa. “O povo estava na rua bebendo e até chutando os carros, além de muitas mulheres dançando no meio da rua”. Matéria editada para acréscimo de informações às 07h42.

Jornal Midiamax