Polícia

Jovem foge do DOF e é preso por indígenas em Amambai

Um rapaz de 18 anos, que conduzia um carro roubado no estado do Paraná, conseguiu escapar de uma equipe do DOF (Departamento de Operações de Fronteira), mas acabou preso por indígenas da Aldeia Limão Verde e entregue a Policia Militar, na noite dessa segunda-feira (29) em Amambai. Segundo a polícia, Paulo Henrique de Lacerda, de […]

Arquivo Publicado em 30/10/2012, às 19h55

None

Um rapaz de 18 anos, que conduzia um carro roubado no estado do Paraná, conseguiu escapar de uma equipe do DOF (Departamento de Operações de Fronteira), mas acabou preso por indígenas da Aldeia Limão Verde e entregue a Policia Militar, na noite dessa segunda-feira (29) em Amambai.



Segundo a polícia, Paulo Henrique de Lacerda, de 18 anos, morador em Itaquiraí, se deslocava pela Rodovia MS-289, também conhecida como “Estrada da Cascalheira”, trecho que liga Jutí a Amambai, conduzindo uma Montana cor prata, placas do Paraná quando se deparou com uma barreira do DOF.



Ao notar que seria abordado pelos policiais, o rapaz acelerou o veículo, furando a barreira e se deslocando em alta velocidade em direção a cidade de Amambai.



Os policiais iniciaram uma perseguição e ao ver que seria alcançado, Paulo Henrique abandonou a Montana e fugiu a pé em meio a reserva indígena.



Durante checagem no veículo, os policiais descobriram que a Montana havia sido roubada na cidade de Curitiba, no estado do Paraná.



A prisão



Após descobrir que o carro era produto de roubo, o DOF encaminhou a Montana para a Delegacia de Polícia Civil de Amambai para serem tomadas as providências cabíveis.



Horas depois a Polícia Militar foi acionada por lideranças da Aldeia Limão Verde, reserva indígena situada a cerca de três quilômetros da cidade, informando que o fugitivo havia sido retido pela comunidade indígena.



Segundo a PM, ao perceber a movimentação policial e que o rapaz teria abandonado o carro e fugido para o interior da reserva indígena, membros da “polícia indígena” da aldeia, um grupo formado pelo “capitão” da reserva para manter a ordem dentro da aldeia, passou a procurar o suspeito até localizá-lo e prendê-lo.



Depois de entregue à PM, Paulo Henrique de Lacerda foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Amambai onde, segundo a PC, foi autuado em flagrante pelo crime de receptação.



Aos policiais ele teria relatado que havia pegado o carro na cidade onde mora, Itaquiraí, e receberia R$ 1 mil reais para levar o veículo roubado até a cidade de Coronel Sapucaia, na fronteira com o Paraguai.


Jornal Midiamax