Polícia

Homens são presos pela PRF acusados de crimes eleitorais

A Polícia Rodoviária Federal realizou neste sábado a prisão de duas pessoas acusadas de crime eleitoral. O primeiro caso foi registrado em Camapuã, por volta das 16 horas, quando um trabalhador rural de 21 anos acabou detido ao ser flagrado assinando uma nota de abastecimento de 20 litros de combustível, em favor de um morador […]

Arquivo Publicado em 07/10/2012, às 13h41

None

A Polícia Rodoviária Federal realizou neste sábado a prisão de duas pessoas acusadas de crime eleitoral. O primeiro caso foi registrado em Camapuã, por volta das 16 horas, quando um trabalhador rural de 21 anos acabou detido ao ser flagrado assinando uma nota de abastecimento de 20 litros de combustível, em favor de um morador da região.


Durante abordagem ele disse que um candidato a vereador do município seria o responsável pelo pagamento da nota. Os policiais estavam no posto no momento do abastecimento e por isso, ouviram um dos frentistas dizendo que o valor seria colocado na conta do candidato. O acusado foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil.


Mais tarde, por volta das 18 horas, em Rio Verde de Mato Grosso, um mecânico foi por compra de votos. Uma testemunha abordou a PRF e denunciou que na praça das Américas, uma pessoa realizava a compra de votos para um dos candidatos a vereador. Os policiais se dirigiram ao local e observaram uma grande aglomeração de pessoas. O acusado portava 200 santinhos e R$ 900, em notas de R$ 50 e R$ 100.

Jornal Midiamax