Polícia

Homem que matou vendedor em tiroteio de gangues no Jardim Centenário está preso

Já está preso em caráter preventivo na 5ª delegacia de polícia Antônio Alexandre da Silva, 18 anos. Segundo a Polícia Civil, ele confessou ser o autor do disparo que matou o vendedor de calçados Adenir dos Santos, 46 anos, na tarde do dia 29 de agosto, no bairro Jardim Centenário, em Campo Grande. O fato […]

Arquivo Publicado em 17/09/2012, às 19h29

None
1637016855.jpg

Já está preso em caráter preventivo na 5ª delegacia de polícia Antônio Alexandre da Silva, 18 anos. Segundo a Polícia Civil, ele confessou ser o autor do disparo que matou o vendedor de calçados Adenir dos Santos, 46 anos, na tarde do dia 29 de agosto, no bairro Jardim Centenário, em Campo Grande.


O fato ocorreu em meio a uma troca de tiros de gangues rivais. “Tem uma pessoa lá do bairro que há tempos estava me ameaçando, inclusive na frente da minha namorada e por isso comprei um revólver para me defender”, diz o acusado.


A vítima estava na porta de uma loja quando foi atingida com um tiro na testa e morreu na hora. “Foi sem querer, não era para atingir ele”, se defende Antônio. Ele, que possui passagens por roubo, dirigir sem carteira de habilitação, entre outras, responderá agora pelo homicídio.

Jornal Midiamax