Polícia

Homem invade banco e exige Big Mac e Coca-Cola de policiais

A Polícia Militar deteve na manhã desta segunda-feira um motoboy de 40 anos que invadiu e depredou uma agência bancária da Vila Alpina, zona leste de São Paulo, durante um surto psicótico. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, o homem ameaçou se matar e, durante a negociação para sua rendição, exigiu que lhe […]

Arquivo Publicado em 18/12/2012, às 01h33

None

A Polícia Militar deteve na manhã desta segunda-feira um motoboy de 40 anos que invadiu e depredou uma agência bancária da Vila Alpina, zona leste de São Paulo, durante um surto psicótico. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, o homem ameaçou se matar e, durante a negociação para sua rendição, exigiu que lhe fossem entregues um sanduíche Big Mac e uma Coca-Cola.

Segundo a ocorrência, o homem entrou na agência sem camisa e visivelmente desesperado. Após tentar empurrar os caixas eletrônicos, o motoboy pegou um caco de vidro e foi para o fundo do estabelecimento, diante de clientes assustados. Com o vidro apontado para o queixo, o motoboy teria gritado que iria se matar.

Um dos clientes ligou para a Polícia Militar e uma viatura chegou ao local às 7h30. Quando os policiais entraram na agência, o motoboy continuava encostado na parede dos fundos, com o caco de vidro apontado para o queixo.

Entre frases sem sentido, o motoboy exigiu, durante a negociação, que os policiais lhe dessem o sanduíche e o refrigerante. Durante a conversa que se seguiu, os policiais foram se aproximando do homem e conseguiram dominá-lo, tirando de suas mãos o caco de vidro.

O motoboy foi levado da viatura ao Pronto-Socorro do Hospital Vergueiro, e está internado no setor psiquiátrico. Familiares falaram que ele já havia sido internado várias vezes. De acordo com a SSP, os familiares garantiram que, quando se recuperar do novo surto psicótico, o motoboy ganhará o sanduíche e o refrigerante que exigiu dos policiais.

A ocorrência foi registrada no 42º Distrito Policial (Parque São Lucas) como suicídio tentado e dano consumado.

Jornal Midiamax