Polícia

Homem esmaga pássaro durante abordagem policial em Campo Grande

Rudney Paz dos Santos, 30 anos, foi conduzido por policiais militares até a sede da Delegacia especializada de Repressão a Crimes ambientais e Proteção ao Turista (Decat) para prestar esclarecimentos sobre maus-tratos contra um pássaro silvestre, provavelmente um bem-te-vi. De acordo com relato do PM que atendeu inicialmente a ocorrência, sua guarnição foi abordada por […]

Arquivo Publicado em 03/12/2012, às 20h17

None

Rudney Paz dos Santos, 30 anos, foi conduzido por policiais militares até a sede da Delegacia especializada de Repressão a Crimes ambientais e Proteção ao Turista (Decat) para prestar esclarecimentos sobre maus-tratos contra um pássaro silvestre, provavelmente um bem-te-vi.

De acordo com relato do PM que atendeu inicialmente a ocorrência, sua guarnição foi abordada por um homem que denunciava dano a um orelhão público, nas proximidades do camelódromo de Campo Grande. Quando os militares chegaram Rudney, além de chutar a base da cabine do telefone público também carrega o pássaro.

O homem se negou por várias vezes a soltar o passarinho. Ao invés disso, o esmagou até a morte. O autor e a carcaça do passarinho foram levados para a Decat.

De acordo com a delegada Rozeman Geise Rodrigues de Paula, Rudney aparentava estar embriagado, inclusive dormiu no corredor da delegacia, que fica no Aeroporto Internacional de Campo Grande. O caso segue para um juizado especial.

Jornal Midiamax