Polícia

Homem é preso por mandar SMS apaixonado a outro homem

Jean-Claude Roger Mbede, 32 anos, quis expressar seu amor através de uma mensagem de texto no celular. Ele enviou a seguinte frase: “Estou muito apaixonado por você”. O problema é que Mbede vive nos Camarões, onde a conduta homossexual é proibida, e enviou o SMS para outro homem. A polícia o prendeu por suspeita de […]

Arquivo Publicado em 18/12/2012, às 20h43

None

Jean-Claude Roger Mbede, 32 anos, quis expressar seu amor através de uma mensagem de texto no celular. Ele enviou a seguinte frase: “Estou muito apaixonado por você”. O problema é que Mbede vive nos Camarões, onde a conduta homossexual é proibida, e enviou o SMS para outro homem. A polícia o prendeu por suspeita de homossexualidade – o que, segundo as autoridades, foi confirmado pelo conteúdo em seu telefone. As informações são da Associated Press.



Ele foi condenado a três anos de prisão em 2011. Em julho, 18 meses depois de o homem ter ficado detido por conta de uma mensagem, seu advogado conseguiu obter liberdade provisória na Justiça. Isso ocorreu, porém, apenas por motivos de saúde. Na última segunda-feira, o advogado recorreu da sentença, mas o recurso foi julgado improcedente. Mbede deve voltar à prisão.



“Não estou certo de que consigo suportar os ataques e perseguição antigay que sofri nas mãos de companheiros de cela e autoridades penitenciárias por conta da minha suposta orientação sexual. O sistema judiciário neste país é tão injusto”, declarou o homem à AP.



A Anistia Internacional e outras organizações estão defendendo o camaronense. O país africano não é o único com esse tipo de lei, porém. Libéria, Uganda e Nigéria estão tomando medidas para tornar as leis.


Jornal Midiamax